História do Calendário

Tempo de leitura: 6 minutos

Calendário Egípcio.

calendário egípcio 288x300 - História do Calendário

Aproximadamente seis mil anos atrás os antigos egípcios desenvolveram um  calendário que consistia em 12 meses de 30 dias mais 5 dias de celebração, começando no que seria hoje 27 de julho, esses cinco dias de celebração eram como que uma honra ao nascimento de osíris, horus, sets, isis, nefits,  no dia do atual calendário gregoriano primeiro de agosto o ano novo começava nos antigos tempos o início do ano era marcado quando a estrela Sirius nascia no mesmo lugar que o sol nascia.

Calendário Rômulo.

calendario romano 205x300 - História do Calendário

 

Outro calendário foi o Rômulo, tinha 304 Dias divididos em 10 meses e não se sabe ao certo como era o acerto do 61 dias restantes e os meses eram Márcio, April, Maio, Júnio, Quintil, Sextil, September, October, December. Outro calendário foi o Pompílio que foi mais ou menos entre 717 e 673 antes de Cristo o sucessor do Rômulo por superstição trocou os meses pares e acrescentou januarios em homenagem ao Deus de Deus de duas caras e februarius Deus dos infernos e das purificações, para acertar o Ano solar com o lunário inclui um homem chamado Mercedônio que vem de Mercês tem referência a renda imposto. Pois é neste mês que se pagava os impostos no ano 46 depois de Cristo sumo César mandou desenvolver um calendário para que todas as terras que ele controlava pudessem usar o mesmo calendário. Então esse calendário criado tinha 365 dias e foi adicionado um dia extra a cada 4 anos.

Calendário Juliano

calendario juliano 300x146 - História do Calendário

calendário Juliano foi dividido em doze meses e regulares que não correspondiam muito bem ao círculo lunar mas aparentemente isso não foi considerado importante, César Augusto mandou o nome do oitavo mês para agosto e retirou um dia de fevereiro para que Agosto tivesse 31 dias e trocou a ordem do calendário colocando Janeiro como sendo o primeiro mês, ele queria que o mês de agosto fosse tão longo quanto o mês de julho que era o mês nomeado antes pelo imperador Júlio César. Enquanto tempo linear começou a seguir foram observados pelos astrônomos que mediam o tempo de um equinócio de primavera até o próximo que o ano era um pouquinho menor que 365 dias e 6 horas, em 1990 o Ano solar foi calculado em 365 dias 5 horas 48 minutos e 45 segundos e 5 centésimos.

Em 1582 o papa o Papa Gregório 13 mudou o calendário Juliano ele declarou que o dia seguinte do dia 4 seria o dia 15 de outubro pulando 10 dias no calendário por ele está defasado esses 10 dias, ele também mudou o calendário para que os anos bissextos pudessem ser assaltados em anos centenários a menos que o ano fosse divisível por 400.

Esse calendário iria se tornar conhecido como o calendário gregoriano, o calendário que predomina no mundo hoje é o calendário gregoriano este calendário é baseado em doze meses irregulares e não possui nenhuma ligação aparente com qualquer ocorrência cíclica natural, é como se ele tivesse sido organizado intencionalmente para remover a conexão com a natureza daqueles que o utilizam, infelizmente a maioria das pessoas na terra hoje está atada e bem atada a esse calendário irregular.

avatars wheel 300x185 - História do Calendário
Bússola Galática

Os maias desenvolveram suas ferramentas de contagem do tempo muito antes dos calendários gregoriano, e juliano chegaram a existir. Essas ferramentas de contagem de tempo estão baseadas na ocorrência naturais do clico de energia e uma conexão bem próxima com a mãe terra o sol e as plêiades, os maias adquiriram conhecimento sobre muitos ciclos que ocorrem na terra eles reconheceram um Ciclo de 13 dias de energia que vem das Fontes galáticas.

Eles também conheciam um ciclo de energia de 20 dias que vem do Sol, estudando os ciclos e suas interações uns os com os outros os maias conseguiram alcançar uma compreensão da vida na Terra que excede as nossas modernas crenças, felizmente este conhecimento está se tornando acessível a nós nesse momento para nos auxiliar no nosso retorno a harmonia natural.

Sincro 114 CONTRACAPA 211x300 - História do Calendário
Matriz Tzolkin

O sincronário das 13 Luas abrange algo muito além daquilo que estamos acostumados a pensar como um calendário, não é uma mera forma de saber que dia da semana ou quanto tempo falta para o aniversário de uma pessoa, ele é um mapa construído cuidadosamente do ciclo do tempo natural, ciclos dentro de ciclos dentro de ciclos.

O sincronário é multi nivelado nos níveis básicos do sincronário, ele mapeia os ciclos diário e nos níveis mais elevados ele mapeia grandes extensões de tempo, o grande ano, o grande ciclo de 26 mil anos, a órbita do nosso sistema solar em volta de alcíone o sol central das plêiades. Para nos ajudar nessa transição do gregoriano ao sincronário das 13 Luas e o tempo natural, temos o calendário do encantamento dos sonhos, essa conta de tempo do sincronário chama encantamento do sonho, incorpora uma grande sabedoria dos níveis mais básicos do sincronário das 13 luas numa forma que é fácil de entender para alguém que está acostumado com o calendário gregoriano.

Ele é  um calendário diário e traz a nossa consciência do ciclo diário de energia, uma ferramenta bastante útil para sincronização dos dois calendários é a bússola galática para mudar o calendário irregular para o calendário do encantamento do sonho, porque mudar o calendário irregular atual para o calendário do encantamento do sonho?

O calendário gregoriano por ser irregular nos tira fora do plano original nos levando a uma consciência machista e individualista, mecanizada e voltada para competição na conquista dos bens materiais além de se embasar em falsa espiritualidade, medo da morte é condenação e perversão da sexualidade. Os excessos da tecnologia uso do relógio limitou o tempo no dia de 24 horas 60 minutos e um círculo de 12 meses irregulares que nos tira do movimento natural, um ciclo chamado 12:60 é o ciclo do “tempo é dinheiro”, o calendário criado pelos maias e o encantamento do sonho leva em consideração a energia emanada dos ciclos de suas profecias sua proposta para uma medida de tempo eficiente 13:20 natural que leva em conta os ciclos da natureza, do sol, da lua e da Terra, das Plêiades que une a ciência religião e a arte, recuperando a consciência de que todos somos um e que temos uma extrema necessidade de paz.

Interessou?

Baixe agora o sincronário das 13 luas de parede, clique aqui!